sexta-feira, 10 de outubro de 2014

terça-feira, 7 de outubro de 2014

se você conhece as pessoas que moram no seu prédio...
aquelas que odeiam os porteiros
outras que levam marmita
senhoras e senhores e senhoritas
poodles tosados
velhas encrenqueiras
velhotes sem-vergonha
cuecas furadas na bunda
manias variadas
se você conhecesse você mesmo
também se regurgitaria
é gente que aprendeu uma honestidade muito estreita
sainhas de escritório
calcinhas de costume
é gente muito pouca coisa
nas esquinas homenageadas
idealistas de pouca merda
gritando em meus ouvidos
enfiados em tênis da onda
já que tudo tem de entrar pelo cano

posso bem ser um filho da puta!
um desgraçado cheio de vida
e de histórias

não posso viver sem isso de homem partido
e eu não reparto com ninguém
o que não é área de serviço

domingo, 5 de outubro de 2014

e aquelas meninas, hein, parceiro? lembra a carne assada da adriana? tanguá, terra perdida. ninguém sabe de tanguá além de lá! o viaduto da br. a ruinha de terra das meninas. é, parceiro... você lembra?, agora que nem você está aqui, que a maior parte do tempo somos, um do outro, esquecimento, lembra? tornou-se insossa e inodora a carne assada da adriana!

sábado, 4 de outubro de 2014



I

é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha
do que o homem caber no agora.


II

sobra sempre uns braços pra fora do invólucro
voltados para trás
e um nariz com pernas que inventam "pra frente"
deus se enrolou em embrulhar o homem
em seu papel de presente.

III

e
.
se
.
fizermos
.
o
.
ser
.
ser
.
mais
.
lento
.
até
.
que
.
ele
.
colida
.
com
.
o
.
momento
?
trago no peito muito obrigado
uma angústia de nada

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

ter tido um dia um cachorro
e uma menina
e ter o cachorro morrido e
a menina abanado o rabo


Hguo PARELLa, ops: hUGO pELLERA

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

e aquelas meninas, hein, parceiro? lembra a carne assada da adriana? tanguá, terra perdida. ninguém sabe de tanguá além de lá! o viaduto da br. a ruinha de terra das meninas. é, parceiro... você lembra?, agora que nem você está aqui, que a maior parte do tempo somos, um do outro, esquecimento? lembra? tornou-se insossa e inodora a carne assada da adriana!